Reverência às Mães

As mães são operárias de Deus a serviço da vida. Festejá-las é mais do que dedicar-lhes um dia especial do ano, em que devam receber o afago de filhos gratos e reconhecidos, gerados em seu corpo ou adotados ao longo da trajetória luminosa que marca o rastro das mães pelo planeta dos homens.
Festejá-las é saudar a vida em todos os seus múltiplos aspectos, porquanto elas, as mães, se fazem presentes onde a vida explode em seu processo de constante renovação.
A Terra, como os mundos, é criação divina. Mas o que nela se produz é fruto do instinto maternal que a distingue como mãe da Natureza.
O homem, como os demais seres, é criação divina, mas sua existência concreta é fruto prodigioso do labor materno.
O amor é a energia que sustenta os mundos em variadas órbitas, mas sua manifestação mais delicada deflui de gestos maternais que o revelam ao mundo como auspiciosas noticias de Deus.
Ser mãe é ser parceira da vida.
As mães povoam o mês de maio, impregnando seus dias com o perfume de sua dedicação.
Preces de louvor se articulam em reverência às mulheres marianas, aquelas que têm sabido honrar a missão que o Pai lhes confiou!

Humberto Vasconcelos

Galeria | Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.